quinta-feira, 8 de março de 2018

COMANDO NOISE TOCARÁ NESSE DOMINGO O ÁLBUM BEIJO FATAL DA BANDA SALÁRIO MÍNIMO NA ÍNTEGRA.

Biografia
Salário Mínimo é uma banda de heavy metal e hard rock formada nos anos 80 na cidade de São Paulo.

Pioneira do Hard/Heavy brasileiro, a banda participou da primeira versão da histórica coletânea "SP Metal" (Baratos Afins, 1984) com as músicas “Cabeça Metal” e “Delírio Estelar”.

Três anos depois, o grupo lançou seu primeiro álbum, “Beijo Fatal” (1987), pela gravadora RCA, atingindo a marca de 78 mil cópias vendidas. A extensa turnê pelo Brasil, sempre com shows concorridos e boa presença de público, fez com que tivesse grande exposição na televisão e rádio.

O Salário Mínimo ficou inativo em meados de 1990, mas China Lee voltou à cena em 1994 com a banda Extravaganza, gravando o álbum O Prazer é Seu! (Continental). Entretanto, o silêncio e a ausência da alegria de ter o Salário Mínimo na cena foram quebrados com o
triunfal retorno em 2002, inicialmente apenas para um evento comemorativo ao aniversário da casa de shows Led Slay, em São Paulo.

Com nova e revigorada formação, contando com China Lee (vocal), Daniel Beretta (guitarra), Junior Muzilli (guitarra e voz), Dieego Lessa (baixo e voz) e Marcelo Campos (bateria), o grupo paulistano Salário Mínimo segue trabalhando em novas composições e comemorando 35 anos de carreira.

O título “Simplesmente Rock” exprime com fidelidade não só a musicalidade da banda, como também mostra que seus fãs vêm de diversas vertentes do Rock e não só do Heavy Metal. Temos músicas no 'Beijo Fatal' que são Heavy Tradicional, temos músicas Hard, temos baladas... Foi aí que surgiu o nome do novo CD. A concepção foi surgindo naturalmente, após uma série de discussões a respeito do rumo que deveríamos seguir, considerando a época atual da cena do Rock. Sendo assim, não houve como abrir mão da versatilidade.

O “Simplesmente Rock”, foi lançado em 2011 na Europa pela gravadora portuguesa Metal Soldiers Records. O pacote ainda traz como bônus o CD “Beijo Fatal” (1987). Os shows não só viraram um ponto de encontro de velhos fãs, como vêm provando para a
nova geração a força de uma das bandas mais importantes na história do Rock nacional.

A nova postura, a atitude de seus integrantes e o som atualizado e adaptado aos novos tempos são os grandes trunfos de um grupo que ainda têm muito a oferecer ao cenário brasileiro. Nosso objetivo não era recriar o som que o Salário Mínimo fazia nos anos 80, mas dar uma cara nova para a banda, mostrando mais o lado técnico, a evolução.

Apresentou-se recentemente em grandes festivais espalhados pelo país, em eventos organizados pelas prefeituras de São Paulo e Minas Gerais e tocou com grupos estrangeiros de renome como Uriah Heep (ING), Scorpions, Twisted Sister, e U.D.O., entre outras.

O Salário Mínimo realizou em dezembro de 2012 um evento para comemorar os 25 anos do lançamento do 'debut', "Beijo Fatal" (1987). A festa contou com a presença de ex-integrantes da banda, que executou o disco na íntegra, as clássicas do "SP Metal" e músicas mais recentes.

Esse ano de 2017, a banda Salário Mínimo completa 35 anos de existência. A banda vem apresentando para o público um repertório com o todos os clássicos de sua carreira.

China Lee - [vocal]
​Começou sua carreira na década de 80, na banda Anjos do Inferno e mais tarde, a convite do guitarrista Junior Muzzili, entrou para a Banda Salario Minimo. Polêmico e com muita presença, sua carreira é marcante no cenário do Rock Nacional, sendo hoje, a alma da Salario Mínimo. É considerado um dos maiores vocalistas do país, tendo sido fonte de inspiração para nomes como André Mattos e outros mais.

D. Beretta - [guitarra / backing vocal]

Iniciou na música aos 11 anos estudando guitarra com Marcos Maia e violão erudito com nomes consagrados como Samuel Carvalho e Henrique Pinto e com Paulo Porto Alegre na Escola Municipal de Música. Sob forte influência da música clássica e grande apreço aos guitarristas Steve Vai e Joe Satriani, uniu os estilos em pró do Rock.  Dos 14 aos 18 anos, tocou com a Rust (Heavy Metal), apresentando-se em diversas cidades de São Paulo. Em 2006, injetou seu sangue roqueiro na Banda Salário Mínimo.

Jr. Muzilli - [guitarra / backing vocal]

Auto didata, começou a tocar guitarra aos 14 anos, aos 19 fez sua primeira apresentação com a banda Salario Minimo. é compositor de várias músicas do grupo, gravou os Discos SP Metal, Beijo fatal. Guitarrista da primeira formação, começou sua carreira na década de 80 e se destacou no mundo da música com suas composições que ao longo dos anos se tornaram uma obra de arte no mundo do Rock Nacional. Após sua saida, montou a Banda Primeiro Vício onde pode mostrar mais de suas obras, agora devolta ao Salário Mínimo.

Dieego Lessa - [baixo / backing vocal]

Iniciou os estudos de violão aos 16 anos de idade. Dois anos depois, começou a estudar contrabaixo e foi desenvolvendo seu estilo, tendo como referências os músicos Geezer Butler, Geddy Lee, Billy Gould, Gene Simmons e Duff McKagan etc.  Desde 2006 integrante do Salário Mínimo. Além do Salário Mínimo atua nas bandas  Faith No More Cover Brasil e Trezzy. 

Marcelo Campos - [batera]

Músico há 15 anos, estudou bateria com Zito Rossi e desde então vem desenvolvendo sua personalidade musical sob influência de bateristas como Neil Peart, Lars Ulrich, Cozy Powell, etc.
Integrante do Salário Mínimo desde 2010 e vem acumulando experiência atuando ao lado de bandas reconhecidas do cenário nacional como Angra, Viper, Shaman, Korzus e Raimundos, entre outras. Trabalhou por todo o País se apresentando em diversas bandas “tributo” e como músico de apoio, dos mais diversos estilos.



PROGRAMA COMANDO NOISE
APRESENTAÇÃO TITIO BRON BRON

TODO DOMINGO DAS 20:00 ÀS 02:00 HORAS DA MADRUGADA.  
PROGRAMA COM TRANSMISSÃO SIMULTÂNEA EM 5 EMISSORAS:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.